http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

domingo, 23 de fevereiro de 2014

VOLTA A NOSSAS MENTES O DEBATE SOBRE JOÃO GOULART.

Legalidade, o que é isso? Legalidade é algo que foi convencionado como o certo. São as instituições. Se um país não tem instituições, não tem legalidade, se não tem constituição, se não tem leis, é um bando, uma tribo, um povinho, não é um país, não é um povo, não é nada, e foi isso que aconteceu com o Brasil.



Um outro país, os Estados Unidos da América, defensor da "DEMOCRACIA", decidiu que tinha que interferir nessa "TRIBO", nesse "BANDO" daqui e ofereceu dinheiro. Dinheiro para um General que comandava o Segundo Exército, para esse dar um golpe no Presidente da República. O General, mesmo sendo "AMIGO" MUI AMIGO do Presidente, aceitou o dinheiro e mudou o rumo da revolução que não passou de uma QUARTELADA. Veja o vídeo abaixo.




Também ofereceu dinheiro para os governadores, financiou suas obras para que esses governadores fizessem oposição ao Presidente da República. Também ofereceu dinheiro aos deputados e senadores que se dispusessem a fazer oposição e conspirar contra o Presidente da República. Um verdadeiro MENSALÃO vindo do exterior. Ainda teve o displante de colocar aqui no Brasil dois institutos o IPES e o IBADE para fazer oposição aberta ao Presidente da República.






E qual foi o crime do Presidente da República? Aproximar-se da China, Aproximar-se da União Soviética, aproximar-se de Cuba, não para se tornar comunista, mas dentro da sua prerrogativa de um país livre que faz aliança com quem quiser, inclusive com os Estados Unidos e com todos os povos do mundo.

Por fim até a Igreja, por meio do Padre Payton, que queria unir Católicos contra Comunistas. Conspiração aberta dentro de um país democrático.

João Goulart cometeu o crime de querer tornar o Brasil um País livre, de querer fazer uma Reforma Agrária, de não querer se endividar, pois isso era a estratégia Americana para manter os países sub-desenvolvidos acorretados ao Banco Mundial e ao FMI como depois veio a ocorrer, de querer tornar esse país uma potência. Isso ia de encontro à política Norte Americana que por duas vezes declarou que não permitiriam e não queriam um NOVO JAPÃO ABAIXO DA LINHA DO EQUADOR. 





Eles queriam manter o Brasil escravo, acorrentado, uma república das BANANAS, que é o que eles sempre acharam que nós eramos e ainda acham, embora o governo do PT venha mudando essa realidade, já que saiu das grades  do FMI e acumulou uma reserva de 300 bilhões de dólares. Não reservas provenientes de aplicações de especuladores internacionais, NÃO, dinheiro que na verdade não é nosso, mas dinheiro proveniente de seguidos superavits comerciais provenientes de exportações, já que Lula promoveu a nossa indústria e saiu pelo mundo fechando negócios com quem? Com a CHINA inclusive. O Brasil hoje faz parte das economias emergentes do mundo, aquelas que tomarão as rédeas no futuro e essa é a nossa vocação como país continente e muito rico de riquezas naturais. O Brasil passou afazer parte do BRIC (BRASIL RUSSIA INDIA E CHINA).
João Goulart estava avançado no seu tempo, e a oligarquia EGOISTA e INCOMPETENTE, a mesma que demorou muito para acabar com a escravidão, que mantém um país que está entre as oito maiores economias do mundo e entre as três com a pior distribuição de renda, não aceitou isso e rasgou a constituição com o apoio dos Estados Unidosda América.

Jango não resistiu. Não porque lhe faltassem aliados, pois afinal o Terceiro Exército do Rio Grande do Sul Fechou com ele, e no Rio de Janeiro contava com tropas leais que depois estratégicamente mudaram de lado quando Jango retirou-se, (O Governador Carlos Lacerda chegou a ficar sitiado dentro do Palácio Guanabara) mas ele mudou de lado por vários motivos. Primeiro porque era um homem pacífico, tanto que recusou-se a bombardear as tropas do General Mourão filho que vinham de Minas e  que não tinha nem munição. Não queria ver ninguém ferido. Não sei quais eram as convicções religiosas de Jango, mas ele se mostrou nessa hora um verdadeiro Cristão. Afinal o Brasil não teve vocação para a Violência.





Posteriormente foi informado que tropas vindas dos Estados Unidos preparavam-se para desembarcar no Brasil apoiando a revolução, e pretendiam dividir o Brasil em Brasil do Norte e Brasil do Sul tal como os Estados Unidos fizeram com a Coréia e com o Vietname que estão divididos até hoje.

Seria então uma guerra civil que mergulharia a todos nós em vários anos de guerra, de ódios, de matanças. Nossos filhos cresceriam na Guerra e muitos morreriam. O Brasil teria que pagar um tributo de sangue demasiado grande, e Jango recuou. No Vietname foram mais de 35 anos de guerra. As pessoas adultas com 35 anos nasceram na guerra e viveram na guerra, tudo isso para alimentar a indústria bélica americana que tem que produzir armas para manter em funcionamento o seu parque bélico industrial, já que gastam em 5 anos 5 trilhões de dólares produzindo armas que depois serão abandonadas no deserto em umasucatasem precedentes. Dinheiro esse que poderia acabar  com a fome na África.

Depois que rasgaram a nossa constituição, violaram nossos valores, nos impuseram uma ditadura violenta, covarde, brutal, mataram jornalistas, estudantes, trabalhadores, torturaram e mataram nossos estudantes, eles finalmente ainda resolveram matar nossos líderes políticos, e dessa forma mataram Juscelino Kubtcheck, João goulart e Carlos Lacerda, a quem espionaram, perseguiram e finalmente  mataram com recursos de alta tecnologia ao melhor estilo da  CIA, e com a cooperação dessa.

ASSASSINOS, COVARDES, BILTRES, TRAIDORES DA PÁTRIA, MONSTROS, quem se lembrará de vocês agora que jazem nas profundezas do inferno? Como serão lembrados? MARIO ANDREAZA tão rico e agora defunto, e pior DEFUNTO PODRE, Todos vocês como serão julgados agora?  Vocês que mataram estudantes, que cortaram os bicos do seio de estudantes moças com tesoura, Que destruíram famílias, que destruíram sonhos, que traíram a pátria, que mataram o seu Presidente eleito que tinha LEGITIMIDADE a qual vocês jamais tiveram, primeiro porque eram incompetentes demais para isso e depois porque nunca receberam a aprovação popular. Que jogaram jovens de helicópteros sobrevoando o mar e os jogaram vivos. COVARDES. Essas palavras doem aos seus ouvidos sensíveis ai no inferno onde jazem seus restos apodrecidos.

Estou falando alguma mentira? Alguém tem a capacidade de me contestar? Pior que não.

Enquanto isso a vida continuou, como um coração de estudante, houve que se cuidar da vida que continuou e as flores, há... As flores continuaram a desabrochar, o sol continuou a nascer e a iluminar essa pátria mãe gentil e os amores, há! os amores continuaram, os carinhos, as amizades, a vida continuou, e hoje lembramos com carinho daqueles que se foram. Temos um sentimento de gratidão, de amor mesmo por esse Presidente, João Goulart que hoje ganharia qualquer eleição, e justamente por isso foi morto, e temos certeza que lá onde se  encontra, ele está ainda na política, trabalhando por esse país, que não está dividido como quiseram  dividi-lo, que não é um país destroçado pela guerra, por que ele decidiu assim, e que tem todas as condições de ser a grande e portentosa Nação que todos nós sempre  ouvimos dizer. Lá onde está ele verá isso, porque esse é o nosso destino queiram o BILTRES ou não.

Veja o filme da covardia, da falta de decência, do mêdo e da tragédia de todos  nós assistindo ao filme DOSSIÊ JANGO.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES